Você já deve ter lido em algum lugar que a manutenção preditiva permite uma economia de 30-40% (em comparação com a manutenção corretiva), ou uma economia de 8-12% (em comparação com a manutenção preventiva). O que você provavelmente não sabe é que essas estatísticas de manutenção são do guia de Boas Práticas do Departamento de Energia dos EUA de… 2010.

 

Muita coisa mudou na última década e chegou o momento de, em conjunto, atualizarmos as nossas referências. As seguintes estatísticas de manutenção dão uma perspetiva real do que está acontecendo neste momento.  Este é um bom ponto de partida se você estiver à procura de benchmarks de manutenção para avaliar o seu próprio desempenho.

 

A manutenção está mudando: mas, será que estamos mudando no mesmo ritmo?

Para as empresas europeias, os principais pontos críticos são o downtime não planejado e a manutenção de emergência (90%), o envelhecimento da infraestrutura e tecnologia de IT (88%), a conexão de ativos modernos e a análise de dados (76%), a obtenção de dados de ativos (40%), a conexão de ativos antigos e a obtenção de dados (29%), os ciclos de manutenção (24%), a conexão de ativos em locais remotos (24%), o monitoramento de ativos em tempo real (22%) e a colaboração com fornecedores (20%).

 

Maintenance challenges

Fonte: CXP Group Report, 2018 

 

Orçamento e eficiência da manutenção

  • Em 2021, 42,5% das empresas nos EUA gastaram 21-40% do orçamento operacional em equipamentos/materiais de limpeza e manutenção. Cerca de 35,79% gastaram apenas 1-20%, 16,78% gastaram 41-60%, 3,36% gastaram 61-80% e 1,57% gastaram mais de 80% [Statista]

 

  • 29% das fábricas gastam 5 a 10% do orçamento anual em manutenção; 24% gastam 11 a 15%; 17% gastam mais de 15%, outros 17% gastam menos de 5% e 13% não sabem [Plant Engineering, 2021].

 

  • Cerca de 88% das instalações subcontratam algumas das operações de manutenção. Em média, 23% das tarefas de manutenção são subcontratadas [Plant Engineering, 2021].

 

 

  • 68% da indústria considera o seu programa de segurança “bom, mas precisa ser melhorado”, enquanto apenas 19% o classificou como “excelente, do mais alto nível”.  [Advanced Technology, 2020]

 

  • 93% das empresas consideram que os seus processos de manutenção não são muito eficientes [CXP Group, 2018]

 

⚙️ Será que a sua empresa se enquadra naqueles esmagadores 93%? Aqui estão 50 ações possíveis para melhorar a eficiência.

 

Métricas de manutenção

  • O Tempo Médio de Reparação (MTTR) deve ser inferior a 5 horas
  • A Eficácia Global do Equipamento (OEE) deve ser  igual ou superior a 77%, embora as empresas de classe mundial tenham um OEE entre 85% e 99%
  • A disponibilidade deve ser de pelo menos 90%
  • O desempenho deve rondar os 95%
  • A qualidade deve estar próxima dos 100% 
  • A Percentagem de Manutenção Planejada (PMP) deve ser igual ou superior a 85%
  • A conformidade da Manutenção Preventiva deve ser igual ou superior a 90%

 

Estratégias de manutenção

  • 88% das empresas industriais utilizam a manutenção preventiva, 52% utilizam o “usar até estragar”, 40% realizam manutenção preventiva utilizando ferramentas analíticas e 22% manutenção centrada na confiabilidade (RCM) utilizando a análise de dados operacionais [Plant Engineering, 2021]

 

  • Na manutenção industrial, 80% das empresas associam um CMMS a uma maior produtividade. A maioria pensa que a manutenção preditiva é a melhor estratégia para reduzir o downtime e reduzir a probabilidade de falha, mas a RCM é o que proporciona a melhor eficácia global dos equipamentos. [Advanced Technology, 2020]

 

Ainda sobre “usar até estragar”: estatísticas sobre downtime não planejado

 

causas de downtime não planeadoFonte: Plant Engineering

 

  • As principais causas das paradas não planejadas de equipamentos são o envelhecimento dos equipamentos (34%), falha mecânica (20%), erro operacional (11%), falta de tempo para manutenção (9%), mau design do equipamento (8%) [Plant Engineering, 2020]

 

  • O Grupo Aberdeen estima que o downtime não planejado de equipamentos custa, em média,€220.400 por hora (U$260.000)

 

  • Para diminuir o downtime, 46% das empresas pretendem introduzir ou alterar a estratégia de manutenção, 46% pretendem atualizar equipamentos, 33% pretendem melhorar e aumentar a frequência de formações, 32% gostariam de expandir as capacidades de monitoramento e 16% pretendem automatizar análises/downtime de máquinas. Além disso, 13% pretendem aumentar o downtime programado, 9% pretendem contratar mais técnicos de manutenção, e outros 9% pretendem subcontratar serviços de manutenção. [Advanced Technology, 2020]

 

Maintenance Statistics | Decrease Downtime

Fonte: Industrial Maintenance 2020 | Status, Trends + Forecasts Report, Advanced Technology, 2020

 

 

⚙️ Se “usar até estragar” é o seu calcanhar de Aquiles, aqui estão 8 medidas para reduzir a manutenção corretiva nas suas instalações.

 

Manutenção Preventiva: boa no papel, mais difícil na realidade

  • 94% das empresas consideram a Manutenção, Reparação e Operações (MRO) extremamente ou de certa forma importante para evitar downtime, seguir práticas lean e gerir a manutenção preventiva. [Peerless Research Group (PRG), 2018]

 

  • 37% das empresas tratam todas as MRO manualmente, mas 27% já automatizaram 25-50% das tarefas, 21% automatizaram 50-75%, 9% são maioritariamente automatizadas, e 6% são totalmente automatizadas. [Peerless Research Group (PRG), 2018]

 

  • Na manutenção industrial, 60% das empresas associam a manutenção preventiva a uma melhor produtividade, e mais de 60% a uma diminuição do downtime e maior segurança. [Advanced Technology, 2020]

 

De acordo com um Estudo de Mercado de Gestão de Ativos Empresariais e Gestão de Serviços no Terreno do ARC Advisory Group:

  • Até 50% dos custos de manutenção são um “desperdício”
  • Cerca de 30% da manutenção preventiva é realizada com muita frequência
  • Apenas 18% dos danos relacionadas com a idade seguem um padrão

 

Estatísticas de Software de Manutenção

  • 52% das instalações industriais utilizam um Sistema de Gestão de Manutenção Computadorizado (CMMS) [Plant Engineering, 2021

 

  • Em Portugal, 44% das empresas utilizam um software específico (CMMS) para a gestão da manutenção, 55% utilizam software de gestão de instalações e as restantes utilizam folhas Excel [Associação Portuguesa de Facility Management, 2021].

 

  • 60-80% das implementações de CMMS falham. Por quê? Fraco envolvimento e formação dos utilizadores, falta de apoio da gestão e objetivos, funções e responsabilidades pouco claras [Fiix Implementation Guide, 2019]

 

Manutenção Preditiva e Dados: estão cumprindo as expectativas? 

  • 48% das fábricas já utilizam dispositivos conectados para capturar, analisar e melhorar a manutenção. Outros 30% estão estudando o assunto. [Plant Engineering, 2021]

 

  • Na Espanha, 60% das empresas já tinham investido, ou planejado investimentos, em manutenção preditiva em 2018. Na Alemanha, 54% já tinham investido em manutenção preditiva e 80% tinham planejado investir. [CXP Group, 2018]

 

  • 89% das empresas estão preocupadas com a segurança e privacidade dos dados. A falta de capacidade para os processos e infraestruturas inadequadas são os outros obstáculos para implementar a manutenção preditiva. [CXP Group, 2018]

 

  • Especificamente no Reino Unido, 85% das empresas veem o planejamento de processos de manutenção baseados em análises preditivas como um grande desafio.  [CXP Group, 2018]

 

  • O mercado global de manutenção preditiva crescerá para 23,5 bilhões de dólares até 2024. [IoT Analytics, 2019

 

  • 91% das empresas reduzem o tempo de reparação e o downtime não planejado após a implementação da manutenção preditiva [CXP Group, 2018]

 

  • 93% melhoram a manutenção das infraestruturas envelhecidas [CXP Group, 2018]

 

De acordo com o “PWC’s Predictive Maintenance 4.0 – Beyond the Hype: PdM delivers results, um estudo com 268 empresas europeias reais da Bélgica, Alemanha, e Países Baixos:

  • A manutenção preditiva diminui os custos em 12%
  • A disponibilidade melhora em 9%
  • Prolonga em 20% a vida útil de ativos envelhecidos
  • Reduz os riscos de segurança, saúde, ambiente e qualidade em 14%

 

⚙️ Saiba mais sobre as técnicas de monitoramento da condição e os ganhos que deve esperar de cada uma delas. 

 

O Futuro da Manutenção: o que pensam os gestores sobre o que se segue

Mas será assim tão fácil investir na manutenção preditiva e na conectividade? Para além do envelhecimento dos equipamentos, quais são os obstáculos que os gestores enfrentam?

 

  • Os gestores acreditam que o principal desafio que enfrentam no futuro é o envelhecimento dos equipamentos (67%). Outros desafios incluem a falta de compreensão de novas opções/tecnologias (37%), falta de recursos ou pessoal (34%), falta de orçamento (29%), falta de formação (28%), falta de apoio da gerência (26%), falta de adesão dos funcionários (23%), má planificação, e raramente seguida (20%), outras (2%) e não aplicável (1%). [Plant Engineering, 2021]

 

Automatização, IOT e o déficit de competências

 

  • Apenas 29% dos facility managers acreditam que os seus técnicos estão “muito preparados”, 45% dizem que estão “um pouco preparados” e 26% “nada preparados”  [Peerless Research Group (PRG), 2018]

 

  • A falta de pessoal qualificado é real. 31% das empresas subcontratam operações porque “pessoas qualificadas são difíceis de encontrar”. 58% dos trabalhadores da indústria trabalham no setor há mais de 20 anos.  [Plant Engineering, 2021]

 

  • Na manutenção industrial, a situação se agrava. As três principais razões para subcontratar a manutenção são a falta de tempo ou de mão de obra (48%), a falta de competências dos trabalhadores existentes (41%) e o excesso de competências especializadas (39%). [Advanced Technology, 2020

 

  • 48% das empresas industriais encontram no processo de contratação, integração e retenção o maior desafio para o seu programa atual. Além disso, 41% consideraram a falta de recursos ou pessoal como o maior desafio para melhorar a manutenção [Advanced Technology, 2020

 

⚙️ Demos também algumas ideias para reduzir a rotatividade na manutenção e aumentar a retenção. Também fornecemos 8 estratégias eficazes para contratar mais mulheres na manutenção e reduzir a desiguladade de gênero.