Os elevadores são uma parte crucial de um ecossistema de instalações, fornecendo transporte vertical eficiente em edifícios. Para garantir que o seu funcionamento é seguro e confiável, a manutenção regular destes equipamentos é fundamental.

Neste artigo, iremos explorar a importância da manutenção dos elevadores, como criar o respetivo cronograma de manutenção e a pertinência de executar tarefas de manutenção de rotina. Falaremos ainda de como abordar problemas comuns de manutenção e, finalmente, de como garantir a conformidade e a segurança.

Benefícios da manutenção regular do elevador

A manutenção regular é essencial para manter os elevadores em ótimas condições. Não só garante a segurança dos utilizadores, como prolonga a vida útil do equipamento. Ao implementarem um cronograma de manutenção proativa, os proprietários dos edifícios e os facility managers podem evitar avarias dispendiosas e minimizar o risco de acidentes.

Um equipamento, vários componentes

Para avaliar a importância da manutenção do elevador, é crucial entender os principais componentes que compõem o sistema. Os elevadores são um conjunto de várias partes, que trabalham em sintonia para facilitar a mobilidade, de forma tranquila e segura.

A sala de máquinas do elevador abriga componentes críticos, como o motor, a máquina de tração e o quadro de comando. O motor alimenta o elevador, enquanto a máquina de tração controla a sua velocidade e direção. O quadro de comando, incluindo botões, sensores e controladores computadorizados, gerem o funcionamento do elevador.

Outros componentes vitais incluem o poço do elevador e as portas que dão acesso à cabine. Recursos de segurança como travões de emergência, reguladores de velocidade excessiva e dispositivos de intertravamento, desempenham um papel essencial para garantir a segurança do utilizador.

A importância do cronograma de manutenção de elevador

Um cronograma de manutenção bem definido é essencial para manter os elevadores nas melhores condições de funcionamento. A frequência das verificações de manutenção dependerá de vários fatores, incluindo o grau de utilização e o tipo de edifício. Edifícios comerciais de alto tráfego, por exemplo, podem exigir uma manutenção mais frequente em comparação com edifícios residenciais com menor uso.

Ao criar um cronograma de manutenção, é importante identificar e determinar todo o leque de tarefas necessárias. Tal inclui lubrificação de peças, inspeção e limpeza de máquinas e teste de recursos de segurança e sistemas de emergência. Instituir uma rotina de manutenção ajuda a identificar possíveis problemas antes que se transformem em grandes dores de cabeça.

⚙️ Também lhe pode interessar: Checklist essencial de manutenção de elevadores

Manutenção de elevadores: só por profissionais

A manutenção de elevadores requer experiência profissional. Contratar um serviço de manutenção de elevadores credível e experiente é crucial para garantir o mais alto nível de segurança e desempenho. Ao selecionar um fornecedor considere fatores como o seu histórico, certificações do setor e avaliações de clientes.

Igualmente importante é avaliar os contratos e os acordos de nível serviço (SLA). Estes documentos descrevem o âmbito do trabalho, os tempos de resposta para reparações e outros termos e condições. Uma análise completa a estes contratos irá ajudá-lo a entender o nível de serviço que pode esperar e a evitar possíveis mal-entendidos no futuro.

Tarefas de manutenção de rotina

Executar tarefas de manutenção de rotina é essencial para manter o elevador em bom estado. A lubrificação regular das partes mecânicas reduz o atrito e o desgaste, garantindo um funcionamento suave e eficiente. Para além disso, inspecionar e limpar a maquinaria ajuda a identificar quaisquer sinais de danos ou de mau desempenho.

Testar recursos de segurança e sistemas de emergência é outra prática determinante da manutenção de rotina. Nela estão incluídas a verificação da iluminação de emergência, dos sistemas de alarme e das paragens de emergência. A realização periódica destes testes garante que o sistema está preparado para qualquer imprevisto.

💡 Sabia que um elevador bem conservado sofre cerca de duas falhas por ano, das quais 20% são utilizadores presos na cabine? A Infraspeak ajuda as empresas a manter os elevadores a funcionar sem problemas, simplificando a manutenção preventiva, reduzindo as avarias e garantindo o cumprimento integral dos regulamentos.

Problemas comuns de manutenção de elevadores

Mesmo que sejam alvo de manutenção regular, os elevadores podem apresentar problemas, alguns bastante comuns. Alguns exemplos são portas ou sensores defeituosos e ruídos anormais. A resolução desses problemas requer uma abordagem sistemática, identificando a causa raiz e levando a cabo as ações adequadas.

Em alguns casos, pode ser necessário reparar ou substituir componentes. Tal requer o know-how e a experiência de técnicos especializados que possam diagnosticar o problema com precisão e realizar a intervenção necessária. A atenção imediata aos problemas de manutenção ajuda a minimizar o downtime do ascensor, garantindo um serviço ininterrupto para os ocupantes e utilizadores do edifício.

Garantir a conformidade e a segurança do elevador

A conformidade com as normas e os regulamentos vigentes para instalações de elevação é essencial para manter os padrões de segurança. As normas estabelecem diretrizes tanto para a fase de projeto, como de instalação e manutenção, de forma a garantir o funcionamento seguro destes equipamentos. Inspeções de segurança regulares devem ser realizadas para avaliar a conformidade e identificar quaisquer perigos ou potenciais violações das normas.

Manter a documentação e os registos organizados e em dia é igualmente importante. Os documentos de manutenção, tais como relatórios de inspeção e registos de reparações e substituições são referências valiosas e podem ajudar a provar a conformidade com os regulamentos, caso seja necessário.

Para resumir e concluir

A manutenção regular dos elevadores é essencial para garantir a segurança e o desempenho destes sistemas vitais de mobilidade. Ao compreender os componentes do elevador, ao definir um cronograma de manutenção, ao contratar serviços profissionais e ao ter em conta os problemas comuns de manutenção, os proprietários de edifícios e os facility managers mantêm os padrões de segurança e prolongam a vida útil de seus elevadores.

A somar a isso, a conformidade com as diretivas e os regulamentos do setor e a existência de registos adequados, reforçam o compromisso com a segurança e fornecem documentação abrangente sobre as atividades de manutenção. Priorizar a manutenção do elevador é um investimento sábio, que beneficia tanto os utilizadores quanto a empresa detentora do equipamento, pois assegura uma maior longevidade do equipamento e do edifício no seu todo.

🛗 Quer elevar o seu negócio ao próximo nível com uma manutenção preventiva eficiente? Espreite as nossas soluções!