O principal objetivo do departamento de manutenção de um hotel é assegurar o funcionamento e o estado de conservação das suas instalações e equipamentos, sem perdas nem interrupções.

A informação é um diferencial competitivo para qualquer organização, uma vez que influencia a tomada de decisão, permite obter conhecimento e prever situações. De modo a oferecer um serviço de excelência, os hoteis precisam de uma gestão de manutenção eficiente, que pode ser facilitada através da organização de dados.

Importância da organização da informação na manutenção corretiva

Todas as ações de manutenção corretiva de um hotel devem ser registadas, para que se consiga identificar a origem da avaria. O registo destas ações permite corrigir procedimentos operacionais, identificar o mau uso de equipamentos, uso excessivo, defeito de origem, entre outros fatores que possam ser responsáveis pelas falhas consecutivas de determinados equipamentos.

A organização da informação na manutenção corretiva vai ajudar a acelerar processos e a reduzir a insatisfação dos clientes.

Housekeeping no apoio à manutenção corretiva

O Housekeeping num hotel é um trabalho com impacte direto na experiência do cliente. Por terem acesso direto aos quartos e equipamentos, são geralmente os primeiros a detetar potenciais avarias. A prática comum passa por reportar estas avarias em papel após o fim de cada turno, mas usando soluções inovadoras como o Infraspeak Direct, a governanta pode reportar uma avaria imediatamente, acelerando assim o processo de resolução.

Da mesma forma, a equipa da receção pode assegurar a satisfação do cliente desde a chegada ao hotel, já que, acedendo ao Infraspeak Direct, pode ver se um quarto está indisponível devido a uma avaria e encaminhar o hóspede a outro.

Com o Infraspeak, tanto as equipas de housekeeping como de manutenção passam a ter toda a informação organizada num único lugar, potenciando a comunicação entre si e melhorando a experiência do cliente.

Vantagens da organização da informação na manutenção preventiva

A manutenção preventiva é vital para o setor hoteleiro, uma vez que todos equipamentos devem estar aptos a funcionar  eficientemente e sem surpresas para os hóspedes. Para que isso aconteça, o técnico de manutenção necessita de ter acesso a um conjunto de informações de cada equipamento, tais como:

  • Manuais de instruções;
  • Registos de intervenções;
  • Calendário de manutenção preventiva;
  • Dados do período de vida do equipamento;

Tendo o conta o volume de informação, só é possível assegurar uma manutenção preventiva eficiente se esta estiver organizada.

Um ponto importante na organização da informação na manutenção preventiva é o aumento da confiabilidade, uma vez que gestores e técnicos de manutenção têm acesso a todo o histórico do equipamento, permitindo uma tomada de decisão mais consciente. Antes do Infraspeak, a informação nem sempre estava disponível ou estava dispersa, tornando-se pouco fiável.

Manutenção como investimento estratégico

A manutenção de um hotel deve ser encarada como um investimento estratégico. O investimento constante na manutenção tem um impacto direto tanto nos equipamentos, como nas instalações do hotel e no conforto de quem os utiliza.

Quantos mais quartos estiverem operacionais, maior será a receita do hotel e a satisfação dos hóspedes. As avarias nos equipamentos têm influência direta sobre as operações, que têm um impacte acrescido no setor hoteleiro uma vez que põem em causa a fidelização e satisfação dos clientes. Para minimizar este impacto e as suas consequências, a manutenção deve ser encarada como um investimento e não como uma despesa, uma vez que a médio e longo prazo reduz custos.

Saiba como potenciar a manutenção do hotel com o Infraspeak, uma plataforma de gestão de manutenção que reduz o tempo de resolução das avarias, elimina trabalho administrativo e dá controlo sobre as operações ao gerar relatórios completos de gastos e outros indicadores. Conheça todas as funcionalidades do Infraspeak no nosso site.