BIM: 3 benefícios chave da Modelagem da Informação da Construção

Projeto em 3D de uma construção em desenvolvimento
O BIM oferece total visibilidade de uma construção em todos os seus aspectos.

A Modelagem da Informação da Construção é a tradução do termo Building Information Model – BIM e tem sido utilizado para ajudar equipes em todas as fases do ciclo de vida de uma infraestrutura ou facility.

Do design do projeto a sua construção até suas operações de manutenção, quando integrado a um sistema de manutenção, a modelagem serve como um organismo vivo de reposição de dados de construção utilizados por diversos departamentos.

A modelagem da informação da construção aprimora a manutenção, gestão de ativos e processos de planejamento de espaços. Entenda mais aqui.

O que é o BIM

Em simples palavras, a modelagem da informação da construção para facilities é um modelo digital, 3D que contém muitos detalhes importantes sobre toda a infraestrutura, como:

  • Dimensões e geometria espacial;
  • localização de ativos – unidades de climatização, motores, servidores etc;
  • características materiais de objetos – para paredes, portas, máquinas etc;
  • impacto do tempo e agendamentos;
  • custos relacionados das operações;

O BIM agrupa essas informações detalhadas e reconhece a relação entre objetos no modelo. Posteriormente, se adapta para mudanças.

Por exemplo: um usuário pode mover uma parede ou uma porta no BIM. Logo, todos os objetivos e ativos ligados à parede ou porta, vão mudar de acordo com o que foi feito.

As possibilidades da modelagem em oferecer uma espécie de manual “vivo” para as equipes que gerenciam facilities.

Compreenda melhor os benefícios que o BIM pode trazer para o gerenciamento de facilities.

A importância do BIM para o planejamento

O BIM oferece muito mais que a simples localização dos seus ativos em um edifício. Além de fazer isso, auxilia no envolvimento de todos os stakeholders desde o início do projeto.

É quase que habitual em projetos e empresas incluir os gestores de ativos apenas na fase final do ciclo de vida de uma construção, quando, de fato, os ativos já foram escolhidos e estão em plena operação.

De certa forma, isso faz com que esses profissionais não tenham a chance de ver e opinar nas maneiras em que determinados ativos deveriam ser instalados e localizados.

A modelagem da informação da construção os envolve desde o início do processo, nas etapas de design e arquitetura até a construção. Consequentemente, toda a informação e documentação dos ativos instalados e localizados em uma construção estará devidamente em seu lugar, da maneira correta e no período correto.

O processo se inverte do habitual. Ao invés de receberem informações compiladas por outras equipes de trabalho, os profissionais de gerenciamento de ativos podem planejar as instalações de modo a tornar todas as rotinas de manutenção e demais operações mais eficientes durante todo o ciclo de vida da infraestrutura.

O BIM facilita um planejamento e execução de manutenção mais inteligente

A modelagem da informação da construção exerce um papel importante de ser quase um manual da construção de um edifício. Essencialmente, isso ajuda as equipes de trabalho de duas formas.

  • Acesso a perfis de ativos compartilhados em tempo real;
  • melhor conhecimento da localização dos ativos.

Tomamos como exemplo um equipamento de ar condicionado.

O usuário, pode clicar no objeto no BIM para acessar informações sobre o ativo e ainda receber dados sobre as condições e performance do objeto, dimensões e documentos relacionados àquele ativo.

Posteriormente, quando um profissional de manutenção tiver acesso a isso, a informação pode ser utilizada para criar um programa de manutenção preventiva para todos os equipamentos de ar condicionado do local.

Um modelo 3D também permite mais segurança e precisão em eventuais operações de manutenção e reparos. Por exemplo, a visibilidade dada por esse modelo, faz com que eventuais furos em paredes ou quebras feitas não afetem materiais que estejam do outro lado.

A consequência disso é a localização mais rápida dos problemas e tomadas de decisões mais inteligentes.

A modelagem da informação da construção simplifica testes e planejamento de espaços

A produtividade de uma equipe em um escritório ou no “chão de fábrica” está diretamente relacionada em como todo o espaço e disposição do local foi planejada e é gerenciada. Nesse aspecto, o BIM é útil de duas maneiras.

  • Oferece maior precisão na medição de espaços;
  • os testes de materiais e objetos podem ser feitos a custo zero.

A modelagem da informação da construção auxilia na automação dos processos de medição e dá dimensões em números exatos dos espaços.

Isso faz com que os profissionais tenham menos trabalho e mais facilidade em se adequar a padrões e normas estabelecidas por associações internacionais como a BOMA e a IFMA, por exemplo.

O BIM tem um forte caráter preventivo e planejador. Ele permite o teste de cenários e situações antes mesmo que toda a estrutura física esteja constituída. No final das contas, os resultados são aqueles que todos os profissionais, empresas e clientes esperam: tempo e dinheiro economizados.