Tal como acontece com um mundo desconhecido, os CMMS (software de gestão de manutenção) ainda parecem estar envoltos em mistério para muitos gestores de manutenção portugueses. Nós lamentamos desapontar, mas… não. Não há nada de misterioso sobre um software que pode melhorar a produtividade da sua equipa e a eficiência das suas operações.

Demora muito a implementar.

Um dos maiores mitos sobre um software de manutenção é que o processo de implementação é difícil ou muito moroso. Na verdade, é simples. Com o apoio de uma equipa técnica especializada e de um Customer Success Manager dedicado como oferecemos na Infraspeak, implementar o software pode ser feito em pouco tempo (vários clientes fizeram-no em apenas duas semanas!). Além disso, a Infraspeak disponibiliza um Centro de Ajuda com tutoriais, manuais de implementação e espaço para contactar a nossa equipa facilmente.

A minha equipa não se vai adaptar.

Outro receio muito comum é que os técnicos acabem por não se adaptar um software de manutenção. Na verdade — e baseando-nos no feedback de mais de 200 clientes Infraspeak em todo o mundo —  o uso de smartphones e de um novo sistema no dia-a-dia pode deixar a equipa reticente no princípio, mas depois é impossível não reconhecer a mais-valia da nova tecnologia. Depois de começar a usar, todos se apercebem do quão fácil é de utilizar e de que o sistema lhes facilita a realização das tarefas diárias, com checklists na ponta dos dedos, notificações sobre avarias e muito mais. A única desvantagem são os pesadelos que toda a equipa vai ter sobre a vida antes de um software de manutenção…

Os meus dados não estão seguros.

Um dos maiores mitos sobre software de manutenção (e não só!) é que os dados e informações privadas da sua empresa não estão seguros. Na realidade, são muito raros os ataques bem-sucedidos a SaaS (software as a service). Hoje em dia, a informação não fica no servidor da sua empresa, mas sim em clouds ligadas a centros de informação (data farms, em inglês) com várias camadas de proteção. Apenas utilizadores autorizados podem aceder à informação que guarda no seu software de manutenção. Pode saber mais sobre a privacidade dos seus dados na página da política de privacidade da Infraspeak.

É caro e a minha empresa é pequena. 

Muitos gestores, especialmente em empresas mais pequena, acreditam que adotar um software de manutenção é demasiado caro para a empresa. Mas o erro está em pensar num CMMS como um custo e não como um investimento.  É preciso ter sempre em mente que um software de manutenção permite agilizar todo o processo de manutenção, melhorar o desempenho da sua equipa, gerir custos, stocks e gastos de energia, o que se traduz em mais produtividade e otimização de custos. Na verdade, um software de manutenção faz com que acabe por poupar dinheiro a longo prazo.

Ainda tem dúvidas sobre se deve ou não fazer este investimento? Conheça 5 sinais de que deve investir num software de manutenção o quanto antes, ou fale com um dos nossos especialistas para perceber todas as vantagens do Infraspeak para a sua equipa.