Desafios da modernização da Assistência Técnica

Technical Assistance Challenges

A Assistência Técnica, tal como outras áreas, está em constante evolução e tem vindo a sofrer alterações ao longo do tempo. Tanto para os técnicos, como para os gestores, é essencial reestruturar os métodos de trabalho e adaptá-los às novas realidades. Neste artigo, reunimos, por isso, os principais desafios da modernização da Assistência Técnica.

1. Gerir equipas grandes

Empresas de Assistência Técnica envolvem, por norma, uma equipa grande, o que torna o trabalho dos gestores mais difícil. Um dos grandes desafios passa então por planear a agenda e fazer a ponte entre o elevado número de técnicos e o elevado número de clientes da própria empresa. Neste sentido, é muito importante garantir que todos sabem o que têm para fazer e quando, onde ir, qual o material necessário, quais os equipamentos que vão intervencionar, entre outros.

O ideal será ter toda a informação centralizada e de fácil acesso, nomeadamente pela utilização de um software de automatização como o Infraspeak. Além da organização e distribuição de tarefas, quando a intervenção é finalizada ficam registados no sistema todos os passos dados. São disso exemplo o tempo gasto para a resolução ou o tipo/quantidade de material utilizado.

Com o apoio de um software automatizado é ainda possível criar relatórios automáticos e o gestor pode rapidamente avançar com o processo (por exemplo, com a faturação), sem ter de esperar que o técnico preencha um relatório no final do dia ou até mesmo da semana. Além de otimizar a rapidez das operações, previne que os técnicos se esqueçam de registar todas as ações e detalhes da intervenção.

2. Acompanhar a evolução dos equipamentos

Com a evolução tecnológica, os equipamentos tornaram-se cada vez mais modernos e específicos. Isto exige técnicos 100% qualificados e com acesso direto e facilitado a toda a informação existente sobre as máquinas. A solução pode passar pela disponibilidade de uma plataforma agregadora, em que os gestores podem carregar toda a informação e que fica automaticamente disponível para consulta dos técnicos.

Além disso, é muito importante ter uma equipa treinada e bem organizada, para otimizar tempo (e dinheiro), e os próprios trabalhos.

3. Manter o interesse pela área

A Assistência Técnica é um trabalho que, à primeira vista, pode parecer monótono, moroso e com diversos entraves logísticos. Por este motivo, é essencial modernizar a área e mostrar às novas gerações que tem acompanhado os avanços que se registaram ao longo dos últimos anos.

Como sabemos, de geração em geração mudam as ferramentas e os comportamentos, e o principal fator de mudança dos últimos tempos tem sido a tecnologia. Com este apoio, a Assistência Técnica pode tornar-se um trabalho agradável, de fácil gestão, intuitivo e simples.

4. Eficiência energética e sustentabilidade

Equipamento que não for monitorizado e acompanhado ao longo do seu ciclo de vida, tem tendência a degradar-se mais facilmente. Entre as diversas falhas ou avarias, podemos lidar com perdas de água, correntes elétricas, entre outras, que causam um impacto negativo no ambiente.

Práticas sustentáveis são cada vez mais importantes e bem-vindas em qualquer área, e a Assistência Técnica não é exceção. A Manutenção Preventiva, realizada com apoio de um software de automatização, fomenta estes valores e deve ser adotada sempre que for possível e a mais adequada. O acompanhamento e monitorização regular dos equipamentos permite evitar acontecimentos imprevistos e avarias de grande escala inesperadas, que podem ter um impacto avassalador a nível do ambiente.

Fale connosco e perceba, em detalhe, como responder aos principais desafios da modernização da Assistência Técnica.