Hotel com menos de 80 quartos — preciso de um software de manutenção?

Do I need a CMMS?
Hotel bell - vintage filter

O gestor de um hotel, qualquer que seja a quantidade de quartos, tem em suas mãos o desafio diário de garantir que os hóspedes estão satisfeitos e felizes, sem terem a sua experiência afetada negativamente por falhas operacionais. Nesse sentido, a manutenção pode ter um grande impacto na experiência do cliente e, portanto, requer atenção especial.

Para ultrapassar esse desafio diário, é importante ter bons aliados — uma boa equipa, ferramentas adequadas, uma estrutura que capacite a manutenção na sua plenitude e métodos de trabalhos eficientes. Se estiver preso a métodos antigos, como folhas de registo de avarias, relatórios e checklists em papel, não conseguirá dedicar o seu tempo ao que verdadeiramente importa: a satisfação dos seus hóspedes.

Software de manutenção, é para mim?

No caso de hotéis de pequena dimensão (com equipas pequenas que acabam por acumular funções), o uso de um software de manutenção permite libertar tempo e manter o foco direcionado para a rentabilidade e rotatividade. Com poucos quartos, não se pode correr o risco de deixá-los inoperantes ou ter equipamentos danificados que impeçam o hóspede de estar em determinada zona.

Se a operação do seu hotel ainda está completamente dependente de processos manuais, baseados em papel, chegou a hora de entender porque é que uma atualização deste sistema é tão importante. Conheça os principais desafios enfrentados no dia a dia da manutenção de um hotel e como resolvê-los através de ferramentas de automação:

Integração entre equipas.

Uma mesma ferramenta onde a equipa de housekeeping possa reportar avarias, que automaticamente vão para a equipa da manutenção, evita falhas de comunicação e a perda de informação.

Monitorização de equipamentos e edifícios em tempo real.

Ter um edifício e poucos quartos não significa obrigatoriamente ter poucos equipamentos. Controlar em tempo real o estado dos seus equipamentos, o trabalho da equipa, a condição e quantidade de avarias, entre outras informações, é essencial para agilizar o trabalho do gestor.

Organização da informação.

Já pensou como seria fácil se tivesse a informação de todos os seus equipamentos, espaços e avarias num só lugar? Manter a informação organizada é fundamental para agilizar o trabalho. A acumulação de papéis ao longo dos anos pode levar à desorganização e excesso de trabalho administrativo.

Redução de custos.

Todas as organizações, sejam as mais pequenas ou gigantescas, visam reduzir custos sem que isto signifique uma diminuição da qualidade de serviço para o hóspede. Com uma gestão de manutenção eficiente poderá fazer poupança não só em relação a equipamentos (uma manutenção adequada aumenta o tempo de vida dos ativos), como também pode significar menos custos com as avarias e com os técnicos, que conseguem realizar melhor o seu trabalho com a gestão organizada.

Aumento nos lucros.

Ao organizar o trabalho da manutenção de forma automática, rentabiliza-se melhor a operação. Diminui-se o tempo que quartos ficam inativos, a equipa fica mais ágil e eficiente, a informação é distribuída de forma mais fácil, o que rende mais agilidade na tomada de decisões do gestor. Além de liberar tempo na rotina da gestão para aumentar o foco na satisfação do hóspede, e por consequência, no trabalho de angariar novos clientes.

Um software de manutenção como o Infraspeak faz este trabalho de facilitar o dia a dia dos gestores e técnicos dos hotéis, seja qual for o tamanho da operação.

Quer saber como o Infraspeak pode trazer estas vantagens para o seu hotel? Agende uma demonstração grátis e conheça estes e mais benefícios da plataforma.