Começou ontem a Infraspeak Everything Works Tour 2018, a digressão da Infraspeak por 7 cidades de 4 países. A primeira paragem aconteceu no Funchal, no espaço do Design Centre Nini Andrade Silva.

Lançamento: Infraspeak Market nos mercados de língua portuguesa.

Um dos pontos altos da tarde foi a apresentação do Infraspeak Market , um novo produto onde é possível encontrar mais de 500 de fornecedores de serviços de manutenção, assistência técnica e equipamentos. O resultado é a simplificação na pesquisa e contratação de fornecedores – quer através das mais de 20 categorias disponibilizadas, quer por localização. Já está disponível em Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde, antevendo-se a expansão para outros países (Reino Unido e Espanha) até ao final deste ano

Categorias Infraspeak Market

Como nasceu o Infraspeak Market?

No evento, Felipe Ávila da Costa, CEO da Infraspeak, referiu que a startup “tem observado uma grande dificuldade dos clientes em encontrar prestadores de serviços com a rapidez e simplicidade de processos que seriam desejados. Encontrar fornecedores e obter orçamentos pode ser uma tarefa demorada e com impactos negativos nas operações, o que tornou urgente a criação de uma solução que simplificasse esses processos.” 

Na plataforma Infraspeak são geridos cerca de 18 mil edifícios e processadas 7 milhões de tarefas operacionais e de manutenção. Sendo utilizada quer por gestores de manutenção, quer por empresas de assistência técnica, a Infraspeak reúne todas condições para juntar estes players num marketplace que lhes permite resolver problemas e gerar negócios. É assim que nasce o Infraspeak Market.

Futuro do Facility Management discutido entre profissionais.

O evento contou com representantes de vários clientes Infraspeak como os Vila Galé Hotéis, PortoBay, Grupo Cardoso ou Four Views. Promoveu a partilha de conhecimento e discussão de temas relevantes do setor da gestão de manutenção e operações, com uma apresentação de Felipe Ávila da Costa, co-fundador e CEO da Infraspeak, sobre o Futuro da Gestão de Manutenção.

Rui Alves (IT Manager do PortoBay) e Filipe Bazenga Marques (Presidente do Grupo Cardoso) partilharam as suas experiências na adoção de tecnologias de apoio à gestão, numa conversa moderada por Ana Ventura (Country Manager da Infraspeak em Portugal).

Everything Works Tour Funchal

“Podemos às vezes encontrar alguma resistência na integração de tecnologia, mas a verdade é que adiar essa integração significa adiar a resolução de problemas que resultam da ineficiência e da falta de controlo. Hoje, a importância do trabalho da manutenção é muito mais visível por causa da plataforma Infraspeak.” – assumiu Filipe Bazenga Marques. O Grupo Cardoso opera os hotéis Baía Azul e Alto Lido, na Ilha da Madeira.

Rui Alves acrescentou que, no Porto Bay, foi “interessante verificar que a colaboração entre as equipas e das diversas áreas funcionais foi bastante promovida pela tecnologia e pelo facto de todos os operacionais terem acesso à informação centralizada.” O PortoBay tem hotéis em Portugal (Madeira, Lisboa e Algarve) e no Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo e Búzios), num total de 13 unidades hoteleiras.

Oito Infraspeak Awards

Infraspeak Awards

Antes do fecho do evento, foram ainda entregues 8 Infraspeak Awards aos clientes Grupo Four Views Hotels, Hotel Vila Baleira, Savoy Hotels & Resorts, Quinta do Lorde, Enotel Hotels Management, Grupo Cardoso, Quintinha de São João e PortoBay Hotels & Resorts, como forma de reconhecimento da utilização intensiva que fazem da plataforma Infraspeak.

A Everything Works Tour 2018 passará ainda por Faro (já no dia 26), Porto, Lisboa, Londres, Barcelona e Florianópolis. É possível acompanhar os próximos eventos através da hashtag #EWT2018.

Saiba mais sobre esta digressão aqui.